.

Comitê realiza almoço de lançamento do 3º CBT

Seg, 06 de Junho de 2011 15:49

Com o objetivo de divulgar comercialmente o evento, o Comitê Brasileiro de Túneis (CBT) realizou, no dia 5 de maio de 2011, o almoço de lançamento do 3º Congresso Brasileiro de Túneis e Estruturas Subterrâneas (3º CBT). O evento, que aconteceu no restaurante The Bridge, em São Paulo, contou com a participação de cerca de 60 pessoas, entre elas, diretores de diversas empresas do setor tuneleiro. “O encontro foi importante não apenas para a parte comercial do 3º CBT, mas para a confraternização da comunidade tuneleira”, afirmou Hugo Cássio Rocha, presidente do CBT. “Além disso, várias empresas se engajaram no congresso e foi importante para mostrar a importâ ncia e a abrangência do evento para indústria de túneis do Brasil”.

O evento teve início com o discurso de Arsenio Negro (foto à direita), presidente da ABMS, que lembrou que “o CBT é um braço da entidade mãe, a ABMS, e que é um dos comitês mais ativos e influentes da entidade”.

Em seguida, subiu ao palco Miguel Bucalem, secretário de Desenvolvimento Urbano da prefeitura de São Paulo. Para Bucalem, “há um grande potencial em obras subterrâneas para propiciar o desenvolvimento urbano sustentável”. O secretário destacou alguns projetos da prefeitura paulista, como o túnel que vai ligar a Avenida Roberto Marinho à Rodovia dos Imigrantes. Outra intervenção citada foi a ligação Lapa-Brás, que envolve uma substituição do sistema em superfície por um sistema enterrado. “As grandes travessias que hoje são feitas em viadutos, poderiam ser feitas em nível, o que possibilitaria a instalação de muitas outras travessias, isso daria uma condição do ponto de vista urbano, muito melhor para essa região”, explicou Bucalem (foto à esquerda). O secretário falou ainda sobre o plano urbanístico do Parque Dom Pedro. Ele mostrou que o local foi percebido como um obstáculo, o que culminou da desconfiguração do parque, isolando-o da cidade. “A ideia é poder ficar livre dessas barreiras”, afirmou Miguel Bucalem. “O fluxo de passagem da Avenida do Estado será segregado do parque por meio do enterramento desta avenida por meio de um túnel de 1.700 metros, que possibilitaria a demolição dos viadutos”.

O terceiro a falar foi Laércio Mauro Santoro Biazotti (foto à direita), diretor de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos do Metrô de São Paulo, representando a entidade. Biazotti ressaltou obras em andamento no metrô de São Paulo e afirmou que a população paulista prefere o transporte subterrâneo devido ao pouco impacto visual, urbanístico e ambiental que provocam as obras para este tipo de transporte. O diretor do Metrô falou da extensão Linha 4, que vai até a Vila Sônia e já está em fase de contratação. A Linha 5 também mereceu destaque na apresentação. Em seguida, veio a Linha 6, da qual está sendo executado o projeto básico. A Linha 6 é toda em túnel e vai até a Vila Brasilândia, até São Joaquim, onde ela se encontra com a Linha 1. Como continuação da Linha 2, há a Linha 15, que irá da Vila Prudente até Tiquatira. Mauro Biazotti, como é conhecido, lembrou ainda de dois monotrilhos – um que liga a Vila Prudente à Cidade Tiradentes, já contratado, e outro que atende a região de São Bernardo do Campo, em fase de contratação dos projetos.

Hugo Cássio Rocha, em seguida, falou sobre o principal tema da tarde, o 3º Congresso Brasileiro de Túneis. O presidente do CBT lembrou que o Brasil passa por um momento importante da economia e da engenharia. “O Brasil tem sido procurado por projetistas, construtores, fornecedores de equipamento do mundo todo, porque todos dizem que o Brasil é a bola da vez”, relatou. “Esperamos que isso realmente se concretize, que tenhamos muitas obras, em especial obras subterrâneas”.

Hugo (foto à esquerda) lembrou também do congresso internacional da IUT (Innovation Underground Technology)a ser realizado em setembro e convidou a comunidade tuneleira a participar desde evento que tem o Brasil como parceiro. “É a primeira vez que um país de fora da Europa é convidado a participar”. O presidente convidou os presentes a irem para Helsinque, no final de maio, para o congresso internacional de túneis, onde o Brasil levará sua candidatura para sediar o congresso da ITA (International Tunnelling Association) de 2014.

Depois disso, Rodrigo Cordeiro (foto à direita), CEO da Acqua Consultoria, empresa responsável pela organização do 3º CBT falou sobre as oportunidades de negócios no evento.

“Tivemos importantes apresentações não apenas sobre o 3º CBT, mas sobre os planos da autoridades para os próximos anos”, afirmou Hugo Rocha. Depois dos discursos, o almoço foi servido e a integração entre a comunidade tuneleira continuou até cerca de 15h.

Veja abaixo a galeria de fotos do evento.

 

 
Comente aqui

Security code atualizar

 

bannersitecbt1

 

Calendário de Eventos

TBM DiGs

18.Novembro.2015

TBM DiGs

Associado Corporativo:
  pedra-branca logo geocompany ossa logo HLT este logo  logo engecorps 
       logo toniolo ALPHAGEOS-ALTA-DEFINIcaO ossa logo-geobrugg  logo MC