Depoimentos WTC 2016

Adriano Dornfeld Saldanha

“A importância da participação brasileira no WTC é fundamental pelo intercâmbio de conhecimento e informações sobre o que está acontecendo no mercado Underground, seja na parte de projeto e soluções, seja na de inovações técnicas da indústria de produtos e equipamentos do setor. O bônus é o encontro e congraçamento entre os integrantes da Comitiva, possibilitando relacionamento e troca, dentro de um grupo que apesar de heterogêneo em suas atividades, é muito coeso em seus propósitos, unindo o setor e fortalecendo o mercado brasileiro cada vez mais. É sempre um privilégio participar.”

ShingiroTokudome

“A oportunidade da MC Bauchemie representar o Brasil no evento WTC em parceria com o CBT foi muito importante, por nos proporcionar um network e um aprendizado formidável com profissionais de alta qualidade, de grandes construtoras e escritórios de projetos. Durante o evento pudemos trocar experiências e, assim como discutir soluções técnicas num ambiente fora do cotidiano, somando conhecimentos de grandes técnicos do mercado. Com relação à representatividade do Brasil no WTC, nota-se uma crescente participação ano após ano e seguramente isto fortalece através da pulverização do conhecimento o desenvolvimento de novos projetos em saneamento básico, projetos de urbanização com obras subterrâneas e a utilização de novas tecnologias. O Brasil é um pais jovem e temos muito a construir de forma responsável, e a participação em eventos como o WTC nos revela um benchmark a ser seguido em relação ao que é feito no mundo.”

Flavio Henrique Cunha Lobato

Ajudar os CBTeiros na organização da Comitiva Brasileira em San Francisco foi um prazer muito grande pra mim. Apoiei os Tuneleiros Cassio e Jairo na organização dos dados daqueles que manifestaram interesse em participar da maior Delegação Brasileira em um WTC. Traçamos como objetivo principal a conexão entre os participantes da Comitiva Brasileira, inclusive suas acompanhantes, tentando fazer com que todos conhecessem os seus integrantes (novos e velhos amigos) e, o quanto antes, qual o programa de viagem e atividades sociais durante a viagem à Costa Leste americana. Contribuí entrando em contato com alguns tuneleiros para entender o programa de cada um. Sabíamos que a organização dessa delegação começaria já no voo de ida, e fazer com que essa informação fosse compartilhada entre todos, pois saber da companhia de mais algum delegado brasileiro em seu próprio voo seria uma forma agradável de agregar os obreiros brasileiros que se aventuraram à beira do Pacífico. Circulamos a lista completa com os dados de voos e principalmente com os hotéis onde cada um ficaria. Seria uma forma também interessante de agrega-los. Mesmo com programas sociais diferentes, acredito que o Jairo e Cassio tiveram grande sucesso nesse trabalho, e eu fiquei muito contente em poder ter ajudado essa dupla. Estar na Comitiva Brasileira no WTC’16 foi uma experiência rica, prazerosa, e de muitas trocas de informações técnicas e de obra. Valeu cada centavo investido. Tivemos ainda o privilégio de assistir a eleição do Prof. Tarcisio Celestino para Presidente da ITA, e foi, sem dúvida alguma, uma dos momentos de maior orgulho à Engenharia Brasileira, tão judiada ultimamente. Agradeço ao CBT pela oportunidade. Continuem sendo esse time formidável que admiro muito. Abração!”

Akira Koshima

Esta foi a minha oitava participação consecutiva no Congresso Mundial de Túneis da ITA. Fiz a minha estréia ao participar na comitiva brasileira do WTC 2009, em Budapeste, na Hungria. Anteriormente a esse período, não me empenhei muito em participar pessoalmente, mas que se fosse hoje não exitaria em fazê-la muito antes. Hoje coloco no meu calendário pessoal a semana do WTC de cada ano para buscar atualização técnica e de lazer com a Lucia, minha esposa.

Enquanto fui presidente do CBT (2003 a 2006)achei mais importante que os nossos expoentes brasileiros pudessem estar presente sempre, tanto o Prof.André Assis como o Prof. Tarcisio Celestino com o apoio do CBT.Segundo os nossos representantes de vanguardasempre foi reportado ao CBT como seria muitoimportante uma participação mais intensa dos brasileiros, tanto com os artigos técnicos como na divulgação e nos debates na plenária dos WTCs , mostrando a capacitação da engenharia tuneleira no Brasil. Este fato tem ocorrido de forma crescente com os incentivos da diretoria do CBT e a grande dedicação dos tuneleiros apoiados nas obras em realizção. Devemos incrementar cada vez mais essa participação e o intercambio com a comunidade internacional. Tivemos uma boa amostragem neste WTC 2016, em San Francisco, USA, com uma participação de 40 brasileiros além de 10 acompanhantes, porém ainda com poucos artigos.

Hugo Cássio Rocha

Foi a maior participação brasileira em um WTC fora do Brasil com 40 tuneleiros brasileiros. O recorde anterior foi na Suíça com 32 brasileiros participantes. Mas foi também o maior WTC de todos os tempos com 2319 congressistas, 298 estandes,28empresas patrocinadoras, 738 abstracts apresentados, 353 artigos completos aceitos revisados e publicados, 185 artigos apresentados oralmente e 168 artigos pôsteres. Mais uma vez o CBT marcou presença com seu estande, levando o nome de todas as suas empresas patrocinadoras para fora do país. Nossa missão foi facílima: fazer campanha para o Prof. Tarcísio: barbada! Pois ele é uma unamidade internacional e foi eleito, praticamente, por unanimidade. Para 2018 foi eleita Nápoles para sediar o WTC. A disputa foi apertada, pois as outras 3 eram excelentes candidaturas, Londres, Istambul e Salzburgo. Além disso, tudo ainda pudemos comemorar o aniversário do “Grande Akira” em jantar flutuante na baia de São Francisco.

Marco Aurélio Peixoto

O evento foi uma grande oportunidade de juntar amigos de outras datas, e novos membros da comunidade tuneleira brasileira. Ao mesmo tempo, a participação em massa do nosso grupo foi determinante para mostrar ao mundo o nosso apoio à candidatura do Tarcísio. Como sempre, o evento foi rico em informações além de ter mostrado novas tecnologias e tendências em todas as áreas do nosso meio. Do evento muito se aproveita, tanto técnica e profissionalmente, quanto socialmente. Os eventos sociais da nossa comunidade são sempre bastante animados. Fica sempre o convite para uma maior participação da nossa comunidade, principalmente aos jovens (Young members). Tenho a certeza de que temos muito mais a mostrar ao mundo, que realizamos excelentes trabalhos, e que somos uma nação otimista e trabalhadora por natureza. Compete unicamente a nós realizar este trabalho.