CBT coordenará o fórum BIM na 6ª Conferência Internacional Bienal da Sociedade de Direito da Construção em São Paulo

Um dos mais importantes eventos mundiais da área de infraestrutura acontece no Hotel Unique, de 13 a 15 de setembro, em São Paulo: a SCL 2016 ou 6ª Conferência Internacional Bienal da Sociedade do Direito da Construção.

Organizada pela entidade que leva o mesmo nome - SCL - Society of Construction Law, o evento, que acontece pela primeira vez na América Latina, reunirá geólogos, engenheiros, arquitetos, economistas, advogados, árbitros, mediadores, juízes e especialistas da área de infraestrutura de mais de 30 países para discutir temas de grande relevância para o mercado, tais como: A adoção do BIM (Building Information Modeling) na Europa e no Brasil, as melhores práticas em Project Finance, PPPs e concessões, a transparência na contratação de projetos públicos de infraestrutura, a evolução das normas de conduta ética e modelos de compliance na área da infraestrutura, os métodos de solução de controvérsia na área da infraestrutura tais como arbitragem, mediação, adjudicação e disputas, a visão do Banco Mundial, BNDES e dos mais importantes financiadores sobre o futuro da infraestrutura no Brasil.

Além das sessões plenárias, a conferência terá três grandes fóruns técnicos. O Fórum BIM, coordenado pelo CBT – Comitê Brasileiro de Túneis, reúne o grupo de trabalho de Building Information Modeling do Reino Unido, Metrô de São Paulo, Sinduscon-SP, CIBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção e RICS – Royal Instittution of Chartered Surveyors. O Fórum Acadêmico do Direito da Construção será coordenado por representantes da Universidade de Melbourne, Austrália e finalmente o Fórum de Líderes de Departamentos Jurídicos, coordenado por advogados das principais empresas do Brasil na área de infraestrutura. O Fórum BIM examinará os desafios e próximos passos na adoção do BIM em projetos de infraestrutura. Contará com a participação de Adam Matthews da Força Tarefa de BIM do Reino Unido, que vai falar sobre o avanço do BIM não só no Reino Unido como em vários países da Europa, Ásia e Oceania. O CBT discutirá os aspectos principais relacionados a projetos BIM em túneis e o Metrô de São Paulo, por sua vez, apresentará exemplos recentes da adoção do sistema. O Sinduscon-SP tratará das principais iniciativas para a adoção do BIM no país e a CIBIC apresentará a disseminação do BIM como prioridade para a modernização de processos e redução de custos na indústria da construção civil.

De acordo com o vice-presidente do CBT Jairo Pascoal Júnior, “A presença do Adam Matthews, coordenador do grupo de trabalho do Reino Unido na SCL 2016 é de grande importância, pois poderemos ter um testemunho direto do que tem sido feito no Reino Unido e em outros países sobre o assunto. O BIM não é apenas um software, mas um conjunto de processos e tecnologias que criam um modelo de informação. É um instrumento necessário á mudança de cultura no setor, já que otimiza o desenvolvimento e transmissão de informações integrando projeto, construção, operação e manutenção de uma construção durante todo seu ciclo de vida.”

A programação completa e informações sobre inscrições você pode ter acesso clicando aqui. Há descontos especiais para associados do CBT.

A SCL

A SCL – Sociedade de Direito da Construção é uma entidade aberta a todos os interessados na área de infraestrutura. Surgiu no Reino Unido em 1986 a partir do esforço de um grupo de advogados, geólogos, arquitetos e engenheiros com o propósito de discutir as principais questões que envolvem o desenvolvimento da infraestrutura no mundo. A cada dois anos, a SCL realiza uma conferência internacional que já aconteceu em Londres, Hong Kong, Singapura, Melbourne, Kuala Lumpur e agora em São Paulo.

Para o coordenador do evento no Brasil, o advogado Júlio César Bueno, sócio do escritório Pinheiro Neto Advogados, a conferência está cumprindo integralmente seu conceito inicial, quer pela qualidade e conteúdo dos fóruns, mesas redondas e palestras, assim como pelo importante apoio e participação das principais entidades do setor: OAB, CBT, Metrô de São Paulo, Sinduscon-SP, CBIC, RICS, o CAM-CCBC - Câmara de Mediação e Arbitragem, o Instituto de Engenharia, o IBDiC – Instituto Brasileiro de Direito da Construção e a EPB – Estruturadora Brasileira de Projetos.

Bueno destaca ainda que a SCL terá desde a participação de juízes das mais altas cortes de tecnologia e Construção do mundo – o Lord Justice Rupert Jackson, do Reino Unido, como representantes do Banco Mundial, do BNDES e das principais entidades financiadoras do setor da infraestrutura. “É uma oportunidade única para o Brasil, num momento de retomada de importantes investimentos em projetos essenciais para o país.”, completa.